BIOGRAFIA DOS UFÓLOGOS BRASILEIROS

Saturday, April 08, 2006

MÁRIO NOGUEIRA RANGEL

Nasceu em 28/11/1932 em Tabapuã, uma pequena cidade do interior do estado de São Paulo, Brasil, sendo o terceiro de quatro irmãos. Estudou direito até o quarto ano, mas não completou o curso. Trabalhou dos 14 aos 64 anos de idade, quando se aposentou. Trabalhou no antigo IAPC, Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários, desde escriturário até fiscal da previdência, aprovado em dois concursos. Durante os últimos 35 anos de trabalho fez carreira em uma multinacional até ser diretor comercial em 14 países das Américas, que visitava uma ou mais vezes por ano. Além de suas viagens profissionais visitou muitos países em férias totalizando mais de 70. Desde menino leu livros sobre hipnose da biblioteca de seu pai médico, e depois fez cursos com os mais afamados hipnólogos brasileiros. Integrou a Comitiva Panamericana de Amizade Universitária quando viajou durante quatro meses pela Bolívia, Peru, Chile, Argentina e Uruguai, quase sempre dirigindo um veículo, fazendo palestras, divulgando música popular brasileira e projetando filmes documentários sobre o Brasil em faculdades. Pesquisou também arqueologia, visitando os mais importantes sítios e museus desses países. Brevetou-se como piloto civil em Curitiba e foi diretor e presidente de aeroclube. Nessa época foi um dos apresentadores do programa Entre Nuvens e Estrelas, na televisão, e recebeu a condecoração Medalha Santos Dumont, da Força Aérea Brasileira. Além desse hobby e do reflorestamento, dedicou-se à hipnose que praticou sempre gratuitamente e sem finalidade terapêutica. Em 1979 por puro acaso deparou-se com um caso ufológico durante uma hipnose e a seguir surgiram mais dois em rápida sucessão, o terceiro deles muito dramático, envolvendo a abdução de um casal de colegas universitários jovens em uma rodovia. Desde então dedica-se à hipnose em ufologia, tendo acumulado uma enorme bagagem nessa área. Após aposentar-se reuniu algumas de suas pesquisas e escreveu “Seqüestros Alienígenas: Investigando Ufologia com e sem Hipnose”, com 418 páginas, 175 ilustrações, muitas a cores, 69 capítulos incluindo os referentes a mais de 20 casos de abdução no Brasil e um na Argentina, que pode ser adquirido através do http://www.ufo.com.br/, site da revista brasileira UFO, editora da obra. Rangel é estudioso, também, de parapsicologia. Mora em São Paulo. Tem 4 filhas, todas de nível universitário. Rangel é estudioso, também, de parapsicologia. Mora em São Paulo. Tem 4 filhas, todas de nível universitário. Filho de médico e professora, ainda menino mudou-se para a capital do Estado, onde freqüentou excelentes escolas. Quando seu pai adoeceu, mesmo jovem, aos 14 anos, precisou trabalhar, tendo que estudar no período noturno. Um ano depois, ingressou no extinto Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários (IAPC), onde trabalhou 15 anos, chegando ao cargo de Fiscal da Previdência. Participou da Comitiva Panamericana de Amizade Universitária, quando dirigiu seu próprio carro (O Dragão do Deserto) através de quatro países da América do Sul, durante quatro meses. Nesse período, Rangel fez palestras e expôs fotos e filmes em universidades. Para conhecer mais sobre a cultura dos povos pré-colombianos, visitou museus e sítios arqueológicos, pirâmides em Cuzco, Machu Picchu, Nazca, Ica, Tiahuanaco, Lago Titicaca, etc. Deixou o IAPC para ingressar na Encyclopaedia Britannica, empresa na qual atuou durante 35 anos como distribuidor na região do Paraná e de Santa Catarina. Continuou seus estudos até o quarto ano de Direito. Na ocasião, brevetou-se como piloto civil, tendo mais de mil horas de comando em monomotores, muitas das quais em vôos acrobáticos. Foi diversas vezes mestre de cerimônias em encontros anuais de confraternização internacional, realizados em diferentes países, com a participação de centenas de convidados, quando eram premiados os melhores profissionais da empresa na América Latina. Em Curitiba, foi diretor e presidente do Aeroclube do Paraná e apresentador do programa Entre Nuvens e Estrelas, da TV Paranaense, Canal 12. Por serviços prestados à Aeronáutica e por ter idealizado e promovido o Concurso Documentos Históricos de Santos Dumont, Rangel foi condecorado com a Medalha Santos Dumont, em imponente solenidade militar diante da tropa formada. A serviço da Britannica ou em férias, o autor sempre viajou muito. Conheceu mais de 70 países, incluindo o Egito, onde também visitou museus, sítios arqueológicos e pirâmides. Hoje está aposentado e se dedica ao reflorestamento, hipnose e à pesquisa ufológica. É casado e tem quatro filhas. Seu interesse por hipnose começou por volta dos 10 anos, ao ler Quando Eu Era Vivo, e O Hipnotismo, de Medeiros e Albuquerque (1867-1934), obras da biblioteca de seu pai, que era formado em Farmácia e Medicina e tinha poderes telepáticos especiais. Posteriormente, foi motivado pelo trabalho de excelentes hipnólogos, tais como Leib Leibovitch, Karl Weissmann, frei Albino Arese, Carlos Bicalho Hungria, padres Oscar Quevedo, Edvino A. Friederichs e Miguel Lucas, doutor Geraldo de Paula Barros, Artêmio Longhi, Fábio Puentes e o doutor Max Berezovsky. Seqüestros Alienígenas: Investigando Ufologia com e sem Hipnose é o primeiro livro de Mário Rangel, que já tem material para outros. Seus três irmãos, falecidos, foram jornalistas e escritores. Só faltava esta publicação para poder dizer que pertence a uma família de escritores.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home