BIOGRAFIA DOS UFÓLOGOS BRASILEIROS

Saturday, April 08, 2006


PHILIPPE PIET VAN PUTTEN

Autor da UFO - Enciclopédia de Fenômenos Aeroespaciais Anômalos, uma obra que se propõe a ser uma referência para o assunto Ufologia no Brasil. Organizada pelo pesquisador Philippe Piet van Putten (abp1@uol.com.br), publicitário e presidente da Academia Brasileira de Paraciências (ABP), a UFO-Enciclopédia vem sendo preparada há cerca de 3 anos. O lançamento acontecerá na livraria Saraiva Megastore, no Shopping Ibirapuera, em São Paulo, Capital, contando com a presença de pesquisadores e interessados no assunto, com direito a noite de autógrafos e coquetel.

Segundo seu organizador, van Putten, "a enciclopédia é um embrião de um projeto. Originalmente chegaria a ter 500 páginas, mas fui obrigado a reduzi-la quase que pela metade para torná-la mais acessível aos potenciais consumidores. O volume original ficaria muito caro e a situação financeira dos ufologistas em geral não é das melhores". O produto final terá capa colorida e miolo em preto e branco, mas van Putten ressalva que, se a primeira edição tiver boa saída, a segunda, provavelmente será aprimorada e ampliada.

A obra é prefaciada pelo professor e pesquisador Flávio Pereira, e contou com a contribuição de diversos especialistas no tema Ufologia, como Carlos Alberto Machado, Edison Boaventura Junior, Wallacy Albino, Hulvio Brant Aleixo, Vitorio Pacaccini, Max Berezowsky, Omar Carline Bueno entre outros.

A colaboração internacional, segundo van Putten, foi maior. "Os colegas do exterior tiveram uma postura mais sincera, ética e profissional quando da eclosão daquela escandalosa perseguição que uma conhecida gangue de marginais encetou contra mim", alfinetou, referindo-se à relação controversa existente entre alguns estudiosos brasileiros e o seu trabalho na área. A polêmica, antiga, já envolveu trocas de acusações e supostas ameaças de morte a defensores do presidente da ABP.

"Sou muito grato aos amigos do exterior que não hesitaram em me apoiar no projeto do livro. Curiosamente, quase todos já tinham por si sós uma imagem muito negativa dos meus perseguidores e me apoiaram quando vários brasileiros hipócritas e interesseiros me viraram as costas", afirmou, com visível ressentimento. Atualmente envolvido em projetos nas mais variadas áreas, Van Putten dedica boa parte de seu tempo à mágica, sendo editor do boletim eletrônico "Artes Mágicas", que circula via e-mail em toda a América Latina. Sendo defensor do que ele próprio define como "científico-espiritualismo", desde a polêmica que o envolveu na comunidade ufológica diz ter se afastado da "Ufologia Civil". Também lida com música, design, consultoria editorial e, no campo das artes e do mentalismo adota o pseudônimo artístico de Mahatma (veja mais em http://members.dencity.com/Felinda/UFOarts.html).

A capa da enciclopédia é criação do próprio van Putten. A qualidade gráfica da obra mantém o padrão de qualidade da Editora Makron Books do Brasil, empresa conhecida pelos produtos no segmento de livros de informática e negócios.

Embora seja um adepto do espiritualismo na abordagem ufológica, o organizador garante que o livro é "referência para quem quer avaliar os fatos ufológicos com sobriedade, sem as costumeiras mistificações e desvirtuamentos que encontramos freqüentemente nas bancas de jornais. Está centrado em LOGIA, distante das correntes esotéricas que até hoje nada adicionaram ao estudo da fenomenologia", conclui.

1 Comments:

  • At 5:13 AM, Blogger Celso Ramos Post said…

    Philipe:
    Os Relatos contidos na Pagina do Gustavo, são verdadeiros, de fato ocorreram estes fatos e ameaças.
    Grato
    Celso Ramos

     

Post a Comment

<< Home